Relatório de Sustentabilidade

Com a transposição da Diretiva 2014/95/EU para o quadro jurídico nacional (Decreto-Lei nº 89/ 2017, de 28 de julho), as grandes empresas que sejam entidades de interesse público devem divulgar dados relativos à evolução, ao desempenho, à posição e ao impacto das atividades da empresa referentes, no mínimo, às questões ambientais, sociais e relativas aos trabalhadores, à igualdade entre mulheres e homens, à não discriminação, ao respeito pelos direitos humanos, ao combate à corrupção e às tentativas de suborno.

Para a fornecer os dados não financeiros, as organizações devem recorrer a sistemas nacionais, da União Europeia ou internacionais, como o Pacto Global das Nações Unidas, a norma ISO 26000, a Iniciativa Global sobre a elaboração de relatórios (GRI) ou outros documentos e acordos reconhecidos, especificando o sistema em que se basearam.

A PKF disponibiliza serviços de apoio ao relato da informação não financeira (“Relatórios de Sustentabilidade”), com especial incidência nas guidelines da Global Repoting Initiative, garantindo valor acrescentado para a empresa.